5 Erros que varejistas cometem ao contratar vendedores – e como evitá-los

5 Erros que varejistas cometem ao contratar vendedores – e como evitá-los

Precisa ampliar sua equipe de vendas, mas não sabe muito bem o que levar em conta na hora de escolher novos membros para o seu time? Leia este artigo! Nele, apresentamos os erros mais cometidos na hora de contratar no varejo e revelamos como evitá-los!

Uma equipe unida é uma equipe vencedora!

Não se assuste. Você não está no blog errado. Não estamos falando sobre esportes, e sim sobre varejo mesmo.

Contudo, a máxima repetida diversas vezes em competições e transmissões esportivas – de que para um time sair vencedor é necessária a união de toda a equipe (atletas, técnicos, dirigentes e torcida) – também é válida no mundo corporativo. Inclusive no varejo!

Neste sentido, se você quer conquistar bons resultados em sua loja, precisa montar uma equipe alinhada com os ideais, fundamentos e objetivos da sua empresa. Afinal, assim, há mais chances de o trabalho ser realizado com sucesso.

Para isso, porém, precisa evitar alguns erros na hora do recrutamento…

5 erros comuns na hora de contratar

Erro #1 na hora de contratar no varejo:
Deixar de contratar um bom funcionário na espera do vendedor perfeito

Não é raro um candidato que se saiu bem nas entrevistas e tem um currículo respeitável ser descartado simplesmente porque não se encaixou em todos os pré-requisitos do “funcionário ideal”.

Este, porém, é um grande erro. Afinal, o vendedor dos sonhos pode nem estar no mercado! Além disso, ao optar por buscá-lo incansavelmente, você perde tempo precioso de treinamento e, mais importante, de vendas.

Em ocasiões como essas, é importante lembrar que um bom candidato pode, sim, se tornar o vendedor dos sonhos. Cabe a você treinar e incentivar este profissional. Além, é claro, de se preocupar em oferecer benefícios que mostrem que sua empresa se preocupa com o desenvolvimento e com o bem-estar da equipe.

Erro #2 na hora de contratar no varejo:
Contratar de maneira apressada, pulando etapas do recrutamento

Este erro costuma acontecer quando pequenas empresas começam a crescer e precisam aumentar a equipe e também quando um colaborador sai de forma inesperada da empresa.

Mesmo em momentos como esses, não pule etapas!

Assim como ficar na espera do “candidato perfeito” é ruim, apressar o processo também não é nada bom.

Portanto, se você precisa aumentar seu time, vá com calma. Respeite as etapas necessárias para garantir que o recrutamento seja efetivo. O prejuízo de contratar alguém só para preencher vaga será maior no futuro do que o prejuízo que esta eventual lacuna de mão-de-obra pode trazer naquele período.

Erro #3 na hora de contratar no varejo:
Menosprezar entrevistas por telefone

Abriu uma vaga de emprego na sua loja, recebeu muitos currículos e tem passado muitas horas entrevistando candidatos? Que tal, da próxima vez, conduzir parte do processo por telefone? Essa pode ser uma ótima forma de fazer uma pré-seleção e poupar tempo e energia – tanto pra você, quanto para os candidatos.

Nesse tipo de contato, você pode, por exemplo:

– Se certificar de que a vaga está alinhada ao perfil do candidato.
– Falar sobre salários e benefícios.
– Entender os anseios e desejos do profissional.
– E assim por diante.

Ou seja, informações que são cruciais em um processo de recrutamento e seleção e que podem ser rapidamente identificadas por telefone, mas que levariam muito tempo para serem descobertas pessoalmente – afinal, é normal que entrevistas pessoais tenham um tempo de “aquecimento” maior e sejam desvirtuadas do tópico inicial mais facilmente.

Erro #4 na hora de contratar no varejo:
Não avaliar a capacidade do candidato de se alinhar com a empresa

Currículos excelentes não significam, necessariamente, ótimos funcionários!

Um candidato pode acreditar, por exemplo, que por já ter uma certa experiência na área, não deve realizar algumas funções exigidas para a vaga em questão. Além disso, outro pode ser ótimo em vendas, mas não entender ou concordar com o ideal da empresa. E assim por diante.

Por isso é fundamental deixar claro, desde o primeiro contato, não apenas os objetivos da sua empresa, mas também seus ideais, como os clientes devem ser tratados, como agir em momentos de insatisfação do cliente, e assim por diante.

Tudo isso deve estar bem alinhado com todos os membros da equipe para que a sua empresa transmita sempre a mesma mensagem para clientes e parceiros.

Erro #5 na hora de contratar no varejo:
Não fazer uma boa descrição do trabalho

Como você já sabe, é fundamental que seus colaboradores tenham perfil e ideais alinhados à sua empresa. Porém, o que talvez não saiba, é que uma boa descrição da vaga e do perfil da sua empresa na hora de anunciar a vaga já podem ajudar nessa missão.

Aliás, ao fazer isso, você estará facilitando o seu próprio trabalho! Afinal, irá ajudar a evitar que candidatos inapropriados para a vaga tenham o interesse de se candidatar, assim como aqueles que se encaixariam bem poderão se interessar em enviar o seu currículo.

Portanto, cuide bem desses detalhes na hora de divulgar as vagas que deseja preencher. Isso fará a diferença no resultado do seu processo de recrutamento.

E aí, pronto para evitar esses erros comuns na hora de contratar no varejo?

Agora, é com você!

Esperamos que com essas dicas você consiga montar sua equipe dos sonhos e, assim, conquiste resultados cada vez melhores em sua empresa.
 
 
Fonte: Gazin

Impressora Fiscal Epson TM-T900F por R$1.799,00 (à vista).


Impressora Fiscal Epson TM-T900F

A Impressora Fiscal Epson TM-T900F é o modelo ideal para atender a alta demanda de impressão do varejo. Atende à nova padronização de comandos do convênio ICMS 09/09, e também, dispõe de ferramentas de softwares que facilitam a migração dos aplicativos que já utilizam as DLLs Epson para impressoras do convênio anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.