Quer transformar sua empresa em um negócio gourmet? 5 dicas que vão te ajudar

Quer transformar sua empresa em um negócio gourmet? 5 dicas que vão te ajudar

É bem provável que você já tenha ouvido falar sobre a ‘gourmetização’ de algum produto ou serviço na atualidade. Há quem use a palavra com uma conotação crítica, mas, no geral, transformar uma empresa em um negócio gourmet tem sido uma alternativa interessante de diferenciação no mercado. Os cafés especiais, por exemplo, apontavam uma média de crescimento de 19% em 2018, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café.

Se você quer transformar a sua empresa nesse sentido, o artigo a seguir foi feito para atender a sua necessidade. Confira algumas dicas que podem ajudar no processo!

1. Ofereça um alimento diferenciado

Vamos supor que você tenha um restaurante, e o seu intuito é transformá-lo em um negócio gourmet. O primeiro passo para o processo é investir em um alimento diferenciado. Em outras palavras, é preciso comprar um produto que fuja da produção em série.

Um bom exemplo é o grupo de orgânicos. Só o fato de trazê-los à mesa da sua clientela já conta como fator distintivo. Isso não significa que será preciso ter uma receita muito elaborada, mas sim oferecer qualidade superior.

2. Foque em entregar o melhor

Falando ainda na questão da simplicidade, um diferencial do negócio gourmet é o foco em ter uma receita básica, mas saborosa. Por exemplo, se a parte especial do seu prato é o molho, se esforce para mantê-lo o melhor possível: receita simples, mas a que agrada o cliente.

A mudança do sabor ou qualidade pode comprometer o negócio, bem como a produção em larga escala. Tudo isso contribui para que a essência gourmet se perca.

3. Tenha um serviço impecável

A excelência do atendimento é outro aspecto fundamental do negócio gourmet. Portanto, deve existir uma preocupação com o treinamento da equipe, colocando como premissa básica o zelo no atendimento ao cliente.

No caso do restaurante, é preciso ter um chef comandando a cozinha. Pode ser alguém já com renome no mercado ou mesmo um colaborador que esteja disposto a aprender com a criação de um cardápio inovador. No geral, o que importa é aprimorar continuamente o serviço, mantendo a qualidade.

4. Invista em equipamento

Quando falamos de uma empresa no setor alimentício, é preciso respeitar uma série de regras. Portanto, a qualidade deve ser assegurada com o uso de um maquinário especializado e certificado de acordo com a normativa para a manipulação do alimento.

Isso inclui ainda todo o jogo de jantar para servir ao cliente, mas também equipamento de cozinha, como forno industrial, utensílios no geral, refrigerador, entre outros.

5. Decore o espaço

No caso de um negócio gourmet, a decoração não pode ser negligenciada. A identidade visual do espaço deve convidar o cliente, fazendo com que ele se sinta em um ambiente especial.

É muito importante que o produto, o serviço e a decoração estejam alinhados, a fim de encantar o cliente. Isso é o que distingue um negócio gourmet de outro que não tem esse apelo.

Um negócio gourmet exige foco em qualidade, diferenciação e experiência. Lembre-se de que, nesse tipo de empresa, o cliente precisa ter a certeza de que fez uma escolha positiva.
 
 
Fonte: Santander

Impressora Fiscal Epson TM-T900F por R$1.799,00 (à vista).


Impressora Fiscal Epson TM-T900F

A Impressora Fiscal Epson TM-T900F é o modelo ideal para atender a alta demanda de impressão do varejo. Atende à nova padronização de comandos do convênio ICMS 09/09, e também, dispõe de ferramentas de softwares que facilitam a migração dos aplicativos que já utilizam as DLLs Epson para impressoras do convênio anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.