4 tendências de meios de pagamento no varejo

4 tendências de meios de pagamento no varejo

Você sabe que novas tecnologias vem impactando profundamente o comportamento dos consumidores, não é mesmo? Por causa disso, até mesmo a forma de pagar as compras já não é mais a mesma – afinal, diversas ferramentas digitais estão tornando esse processo mais ágil e eficiente.

Curioso para saber mais sobre as grandes mudanças nesta área?

Siga a leitura deste artigo. A seguir, revelaremos as principais tendências de meios de pagamento!

4 tendências de meios de pagamento no varejo

Dinheiro, cartão de crédito e de débito, cheque e boleto bancário.

Estas são algumas das formas de pagamento mais tradicionais. No entanto, esse cenário está mudando. Assim, cada vez mais os consumidores esperam poder utilizar meios de pagamento digitais em suas compras. Os dados abaixo comprovam este raciocínio.

— Até 2030, os pagamentos feitos via celular substituirão completamente as cédulas e moedas. Fonte: Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE)

— Em um estudo feito pela Visa, 66% dos participantes afirmaram que usariam dispositivos conectados para realizar pagamentos de forma mais ágil.

— Em um levantamento realizado pela Mastercard, 63% dos brasileiros entrevistados disseram que realizam pagamentos digitais em seus celulares. Além disso, 90% revelaram que estariam dispostos a utilizar novas tecnologias de pagamentos.

Sua loja está preparada para acompanhar essas transformações?

Conheça as tendências de meios de pagamento que já estão impactando o varejo e prepare-se para atender a demanda dos consumidores!

1) Pagamento mobile

Graças à evolução tecnológica, hoje já é possível utilizar dispositivos móveis para realizar transações de crédito e débito. Por isso mesmo, cada vez mais os consumidores têm tirado o celular do bolso ao invés da carteira na hora de pagar suas compras.

Uma das tecnologias que torna isso possível é a NFC*. Essa tecnologia que permite que dispositivos que possuam chips compatíveis troquem informações entre si. Assim, ao fechar a compra, no lugar do cartão de plástico, o cliente pode simplesmente aproximar o celular da máquina e utilizar seu cartão digital.

* NFC é a sigla para a expressão inglesa Near Field Communication. Em tradução livre, significa Comunicação por Campo de Proximidade.

2) Internet das coisas

Como o nome diz, a internet das coisas conecta “coisas” à uma rede online. Essas coisas são objetos “inteligentes”, que podem, por exemplo, acessar a web, armazenar dados, compartilhar informações e interagir com os usuários.

Atualmente, uma das formas mais utilizadas desse pagamento é por meio dos relógios smart, que possuem aplicativos de carteira digital. No entanto, a tendência é que no futuro esse tipo de tecnologia seja aplicada também em outros objetos. Aliás, já existe até mesmo um adesivo que permite transformar qualquer item em um meio de pagamento! E ainda, algumas empresas financeiras estão criando tecnologias wearable (vestíveis), como pulseiras e anéis, que funcionam como uma carteira digital.

3) QR Code

QR Code é um tipo de código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos celulares que possuem câmera fotográfica. A partir da leitura desse código, o usuário é direcionado a um site ou aplicativo.

Recentemente, a Cielo lançou o sistema QR Code™ Pay. Funciona assim:

– O lojista digita o valor na máquina;

– O cliente, então, escolhe a forma de pagamento;

– Depois, o aparelho gera um QR Code;

– Na sequência, o cliente aponta o smartphone para fazer a leitura do código;

– Pronto, transação realizada.

4) Lojas sem caixa

Existe ainda uma modalidade de pagamento mobile que é realizada por meio de câmeras que identificam os produtos que os clientes selecionam.

Através da identificação da compra, o sistema realiza a cobrança por um aplicativo no smartphone. Ou seja, o cliente não precisa fazer nada!

A Amazon Go, a loja física da Amazon, é o exemplo mais conhecido de loja sem caixa. O estabelecimento funciona assim:

– Quando entra na loja, o cliente passa por uma espécie de catraca eletrônica. Essa catraca é aberta por meio de um comando enviado pelo app da Amazon.

– A partir daí, o cliente pode selecionar o que quiser e colocar em sua sacola/cesta.

– A loja possui centenas de câmeras que fazem a leitura e o reconhecimento dos produtos retirados das prateleiras.

– Assim que um cliente tira um produto da gôndola, as câmeras identificam o item e o sistema o adiciona ao carrinho virtual dentro do aplicativo. Se o cliente mudar de ideia e colocar o produto novamente na prateleira, o item será retirado do carrinho virtual automaticamente.

– Na hora de sair, basta passar pela catraca novamente e a compra é registrada!

– Depois que o cliente sai, o sistema debita do cartão de crédito cadastrado no app o valor dos produtos registrados no carrinho.
 
 
Fontes: Gazin AtacadoGazin AtacadoGazin Atacado

Impressora Fiscal Epson TM-T900F por R$1.799,00 (à vista).


Impressora Fiscal Epson TM-T900F

A Impressora Fiscal Epson TM-T900F é o modelo ideal para atender a alta demanda de impressão do varejo. Atende à nova padronização de comandos do convênio ICMS 09/09, e também, dispõe de ferramentas de softwares que facilitam a migração dos aplicativos que já utilizam as DLLs Epson para impressoras do convênio anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.