Construção de marca: como aplicar na minha empresa

Construção de marca: como aplicar na minha empresa

A construção de marca é um processo que pode levar anos. Uma marca não é apenas o nome da empresa e o que vende. Marca é tudo que a empresa representa para seus clientes e para a sociedade. A Disney, por exemplo, representa um mundo de fantasias, que pode ser vivido em seus parques, filmes ou com seus produtos.

Você já pensou sobre quais são os sentimentos que a sua marca desperta em seus clientes? Ou ainda por que o público se identifica com ela? Essas são apenas algumas perguntas que você deve pensar quando for trabalhar a construção de marca. Neste artigo, mostraremos como construir a marca da sua empresa.

O que é construção de marca?

A construção de marca é um processo pelo qual as empresas passam para dar forma ao seu negócio. Em muitos casos, esse processo é natural, vai sendo construindo com o tempo, de acordo com as ações e tomadas de decisão dos gestores do negócio. Porém, quando isso acontece, a empresa pode ser levada a construir uma marca que não gostaria.

Você deve conhecer a empresa de eletrônicos e eletrodomésticos CCE. Por muitos anos, a empresa foi vista como uma marca que vende produtos sem qualidade, que dão problema e não eram recomendadas. Tanto é que algumas brincadeiras com a sua sigla foram criadas.

Essa foi uma construção de marca involuntária, a CCE não desenvolveu sua missão e valores com o objetivo de ser uma empresa que não entrega qualidade. Nenhuma empresa quer isso, mas em algum momento da sua história enfrentou problemas que fizeram com que a falta de qualidade fosse associada a sua marca.

A construção de marca é um processo que deve ser conduzido pela empresa, para evitar que seu nome e sua imagem sejam prejudicadas. Veja a seguir como construir a reputação da sua marca com 5 perguntas.

5 perguntas que vão te ajudar com a construção da sua marca

Para quem está entrando no mercado agora, essa é a oportunidade de rever tudo que já foi planejado e as decisões que foram tomadas para conduzir o negócio. Se a sua empresa já está aberta, aproveite para avaliar essas questões e como elas podem ser aplicadas.

1. Qual é o seu lugar no mercado?

Entender o mercado e como a sua empresa será ou está inserida nele é o primeiro passo. Busque informações sobre os seus clientes e faça o cruzamento desses dados para identificar pontos em comum. Isso pode mostrar porque eles compram da sua marca.

O Google e as redes sociais também pode te ajudar. Pesquise sobre o seu segmento e analise os concorrentes diretos e indiretos que aparecem nos resultados. Nas redes sociais, veja quais são as marcas relevantes em meio digital e como elas interagem com o público.

Observe o comportamento dos clientes, como eles se comunicam e a linguagem que utilizam. Esses fatores te ajudarão a identificar o tom de voz da sua marca.

2. Qual é a personalidade da sua marca?

Uma marca nova, provavelmente, não tem personalidade, mas ela deve ser construída. Busque um foco e use como base para criar os outros elementos da marca. Algumas perguntas podem te ajudar:

– Como sua marca se posiciona no mercado?

– Quais palavras estão associadas à sua marca?

– Que tipo de personalidade é atraente para seus clientes?

– Quais conceitos descrevem sua marca?

– Se a sua marca fosse um animal, qual seria e por que?

A ideia de responder essas perguntas, além de forçar um pensamento mais crítico sobre o negócio, é buscar associações que formarão uma imagem no final.

3. Qual é o slogan da sua marca?

Lembra do caso da empresa CCE? A brincadeira com a sigla, no Brasil, se tornou o slogan da marca, pois “Do jeito que você quer” não era forte o suficiente. O slogan da empresa deve ser curto, fácil de entender e memorizar. Além disso, a frequência com que é utilizado ajuda a reforçar a mensagem na mente do cliente.

4. Qual é a imagem que remete à sua marca?

O logotipo é a cara da empresa. É por meio desse símbolo que os clientes vão reconhecer a sua marca mais facilmente. O desenvolvimento do logotipo deve ser feito por um profissional de design que vai estudar sobre a sua marca e criar uma representação de acordo com a sua história, seu produto e uma série de fatores.

5. Como a sua marca se comporta diante dos problemas?

Essa pergunta é muito importante, pois pode influenciar de forma decisiva na construção de marca. Uma empresa que não sabe lidar com críticas, que não oferece um bom atendimento, pode criar uma imagem negativa. Mesmo quando o cliente faz uma reclamação, é importante que seja bem atendido para a tentativa de solução do problema.
Diversas empresas já foram à falência por se envolver em escândalos, vender produtos sem qualidade, estragados ou por maltratar o cliente. O comportamento pode dizer muito mais sobre uma marca do que todos os serviços ou produtos que oferece. Além disso, uma longa trajetória de sucesso também pode ser destruída por causa de um problema.
 
 
Fonte: SEBRAE

Impressora Fiscal Epson TM-T900F por R$1.799,00 (à vista).


Impressora Fiscal Epson TM-T900F

A Impressora Fiscal Epson TM-T900F é o modelo ideal para atender a alta demanda de impressão do varejo. Atende à nova padronização de comandos do convênio ICMS 09/09, e também, dispõe de ferramentas de softwares que facilitam a migração dos aplicativos que já utilizam as DLLs Epson para impressoras do convênio anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.