5 ótimas práticas para lidar com inadimplência de clientes

5 ótimas práticas para lidar com inadimplência de clientes

A inadimplência de clientes é uma questão que preocupa constantemente os gestores. Cobrar dívidas dos consumidores faz parte de uma difícil tarefa da organização, que precisa estar atenta em como fazê-la e, sobretudo, em como abordar os clientes que se encontram nessa situação.

Existem algumas estratégias que permitem com que a empresa entre em contato com os devedores, sem, no entanto, agir de forma agressiva ou inconveniente. Uma abordagem equivocada e que surpreenda negativamente os clientes da sua empresa pode afastá-los da instituição.

Quer aprender as melhores práticas para lidar com seus clientes nesse tipo de situação? Continue a leitura!

1. Utilizar lembretes de prazos para evitar a inadimplência de clientes

Em alguns casos, os clientes deixam de pagar suas contas simplesmente por se esquecerem delas. Pensando nisso, é possível que a organização se antecipe e faça uma espécie de cobrança prévia, por meio de um simples SMS, por exemplo.

Com essa atitude, a empresa acaba se precavendo de possíveis atrasos em pagamentos dos consumidores, de uma maneira sutil. Nesse caso, o devedor não se sente pressionado ou acuado com a cobrança, já que ela funciona apenas como um lembrete.

2. Oferecer benefícios para pagamento em dia

Os compradores gostam e são atraídos por descontos e promoções. Por isso, nada melhor do que utilizar essas estratégias para garantir que seus clientes paguem as contas em dia. Incentive-os por meio de preços especiais, ou até mesmo com cartões que permitam acúmulo de pontos que possam ser trocados por algum outro benefício.

Você também pode realizar sorteios entre os clientes adimplentes. Tudo isso vai estimulá-los a ficarem ainda mais atentos na manutenção dos pagamentos em dia.

3. Oferecer diferentes opções ao cobrar do cliente

Quando a empresa entra em contato com clientes devedores, deve procurar entender a situação de cada um deles. Na maioria das vezes, as pessoas deixam de quitar suas dívidas não por que querem, mas sim por algum outro inconveniente.

Nesses casos, apelar para juros abusivos ou parcelamentos inadequados para a pessoa não surtirá muito efeito, o que não é interessante para o cliente nem para a empresa, que deseja resolver o problema do modo mais ágil e eficiente possível.

Sendo assim, sempre tenha uma proposta a fazer para aqueles clientes que realmente desejam resolver a situação. Ou seja, negocie e ofereça condições para que a dívida seja quitada. Nessa etapa, é importante demonstrar que a instituição realmente quer ajudar o consumidor a resolver a questão.

4. Utilizar boletos para cobranças

A utilização de boletos como forma de pagamento dos clientes do seu negócio pode ser uma ótima forma de inibir os atrasos e inadimplência. No boleto, há um maior número de informações ao consumidor, orientando sobre datas de vencimento, local, bem como multa e juros por atraso de pagamento. Além disso, trata-se de um documento que pode ser enviado como um título para eventual protesto.

Essas características inerentes aos boletos funcionam como um inibidor de atrasos dos clientes, uma vez que estarão informados sobre as possíveis consequências da inadimplência.

5. Orientar sua equipe para a cobrança

É fundamental que você treine e oriente sua equipe para o momento de cobrança do consumidor. Ações despreparadas podem fazer com a empresa perca seus clientes permanentemente. Além disso, excessos e abusos são proibidos por lei e, quando acontecem, podem trazer grandes transtornos para a empresa.

Lembre-se de que o maior interesse é resolver o problema de forma amigável, por meio de conversas e negociações. Por isso, os colaboradores responsáveis pela tarefa de cobrar dívidas devem saber abordar os consumidores de forma gentil e proativa. Atitudes como essas podem ser cruciais no momento de negociação com o cliente.
 
Viu só como a inadimplência de clientes precisa ser tratada com cautela pela organização? Por meio de algumas estratégias, é possível executar a difícil tarefa de cobrar do consumidor, de maneira eficiente e produtiva. Saber lidar com a situação e estar preparado para negociações é um dos meios de conseguir resolver esse problema que é tão frequente nas empresas.
 
 
Fonte: Inusittá

Impressora Fiscal Epson TM-T900F por R$1.799,00 (à vista).


Impressora Fiscal Epson TM-T900F

A Impressora Fiscal Epson TM-T900F é o modelo ideal para atender a alta demanda de impressão do varejo. Atende à nova padronização de comandos do convênio ICMS 09/09, e também, dispõe de ferramentas de softwares que facilitam a migração dos aplicativos que já utilizam as DLLs Epson para impressoras do convênio anterior.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.